Envelheça como um atleta

O envelhecimento é um dos grandes mistérios da vida e da ciência.

Sua cronologia é clara, pois com o passar dos anos, ficamos mais velhos.

Mas a biologia do processo é obscura.

Os cientistas permanecem incertos sobre como e por que nossos corpos mudam à medida que envelhecemos e até que ponto tais mudanças são inevitáveis ou mutáveis.

Em outras palavras, não sabemos se o envelhecimento, como a maioria de nós, agora, experimentamos, é normal ou não.

Qual papel da atividade física no envelhecimento?

Parece que a prática de esportes pode nos ajudar a ter mais saúde, mesmo após os 60 ou 70 anos.

Isso é o que diz um novo estudo realizado, o qual teve como objeto de análise um grupo de corredores americanos de elite durante 45 anos.

As descobertas do estudo levantam questões interessantes sobre como podemos e devemos envelhecer e qual o papel que a atividade física, pode desempenhar na nossa saúde.

Como foi esse estudo?

Há cerca de 50 anos, ele foi iniciado com uma série de treinamentos que ocorreram antes dos testes de atletismo olímpico de verão em 1968, nos Estados Unidos.

Ele teve como base de pesquisa 26 dos atletas, determinando sua capacidade aeróbia, ou VO2 max, e outras medidas de saúde e capacidade de desempenho.

Todos os corredores, que estavam no início dos seus 20 anos, estavam em forma excepcional, com capacidades aeróbicas 98% acima dos homens de sua idade.

E inclusive alguns deles ganharam medalhas nos Jogos de Verão daquele ano.

Após esse período esses atletas foram testados mais duas vezes, 20 anos depois, quando estavam com cerca de 40 anos de idade, e 45 anos depois quando já chegavam à casa dos 60 e 70 anos.

No laboratório os ex-atletas passaram pelos mesmos testes que antes, além de responderem questionários sobre rotinas de exercícios.

Suas respostas revelaram que, embora os homens permanecessem fisicamente ativos, claramente, nenhum apresentava características físicas e metabólicas de competidores como antes.

Em geral, praticavam exercícios por algumas horas a cada semana seja caminhando, correndo ou fazendo ciclismo.

Os resultados são surpreendentes

A pesquisa mostrou dois fatos interessantes. São eles:

  1. A capacidade e performance desses atletas caíram acima da média normal para outros homens da mesma idade.
  2. Mesmo perdendo a capacidade física acima da média, eles continuaram acima dela, exemplificando, enquanto outros homens da mesma idade perderam 40% da capacidade física, eles perderam 60%, porém como eles estavam 30% a cima da média, continuavam com 10% a mais de performance e capacidade física.

Sei que isso pode parecer um pouco confuso, se tornássemos esse exemplo uma equação matemática seria:

100-40 = 60 (homens da mesma idade) < 130 – 60 = 70 (atletas submetidos ao estudo)

Resumindo, a performance desses atletas estava tão alta, que mesmo quando suas capacidades diminuíram muito, se manteve ainda bem acima da média.

Talvez o ponto mais importante

A mensagem maior do estudo é que talvez precisamos repensar qual é a capacidade física normal ao atingir a terceira idade, isto é, não podemos comparar pessoas sedentárias com pessoas ativas fisicamente.

Ou seja, as diretrizes que os médicos e outros especialistas atualmente usam para determinar a condição física “normal” foram construídas com dados coletados de idosos típicos de hoje, muitos dos quais foram sedentários há anos.

Envelhecimento saudável - Idoso se alongando e preparando para correr

O segredo é nunca parar de se exercitar, é tornar do esporte ou exercício uma parte da nossa rotina e manter isso por muitos e muitos anos, diminuindo gradativamente o ritmo e esforço de acordo com as condições físicas da idade.

Portanto, exercite-se, leve uma vida acima da média, e permaneça acima da média!

Um abraço e bons exercícios à todos.

Dr. Cristiano Miranda

Cardiologista pós-graduado em Medicina Esportiva e Psicologia, e idealizador do programa Cardiocoach para melhora de desempenho esportivo e da qualidade de vida.

 

Adaptado de nytimes.com – Age Like a Former Athlete 

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.